Thursday, April 21, 2011

Entrevista de Eliete na Revista Nova


NOVA Cosmopolitan

Fora de sintonia sexual

Texto Dalila Magarian

Ele é muito devagar para o seu gosto

Antes de qualquer coisa, saiba que, assim como nós, os homens não estão disponíveis física e emocionalmente o tempo todo. Uma boa transa exige energia. Afinal, precisam ter uma ereção, mantê-la firme e não ejacular depressa se quiserem satisfazê-la. E significa um baque na virilidade não desempenharem tão bem quanto esperado. Então, quando seu amor achar que a própria performance estará em jogo (porque está exausto ou com problema no trabalho, por exemplo), uma parcela masculina vai preferir não correr o risco. Não significa que encontrou outra mulher nem pensa em terminar o namoro.
Mais causas para a falta de tesão do rapaz? Confira:
Cobranças demais
Não se espera que um homem com H diga não ao sexo. "E isso causa uma pressão psicológica crônica que, às vezes, faz o feitiço virar contra o feiticeiro", alerta o psicólogo e terapeuta sexual Claudecy de Souza. "Se ele se sentir coagido a demonstrar paixão o tempo todo, ou encontrar uma mulher autoritária, poderá se esquivar do encontro ou até apresentar uma disfunção erétil", continua Claudecy. Em casos assim, o diálogo costuma ser um aliado poderoso. "Desde que um não jogue o outro contra a parede, ajuda a alcançar o equilíbrio", comenta Roberto Goldkorn. Se lançar perguntas do tipo "Tem algo que eu possa fazer para dar mais prazer a você?" ou "Quais são as suas fantasias favoritas?", permitirá que seu amor se abra sem se sentir constrangido.
Responsabilidade pelo seu prazer
Uma falha grave de muitas de nós é atribuir totalmente ao homem a tarefa de dar à mulher um orgasmo ou mesmo de tomar a iniciativa da transa. "Ele também quer aprender, se sentir desejado e perceber que há troca na cama", pondera Claudecy de Souza. "Se você é passiva, não comunica a ele o que gosta nem demonstra interesse em explorar novas possibilidades, facilita que seu namorado interprete a situação como desinteresse e se afaste", explica. Para enxergar melhor o que está ou não funcionando, o urologista e terapeuta sexual Celso Marzano desafia: já experimentaram brincar de inverter os papéis na cama? "Aproveite para ousar bastante e faça os carinhos que adoraria receber ao mesmo tempo que se concentra na resposta sexual dele", orienta ele.
Excesso de rotina
"Muitas vezes, o desejo esfria pela ausência de novidade na cama", diz Marcos Ribeiro, terapeuta sexual e autor de Sexo Não É Bicho-Papão! (Zit). A solução, então, é apimentar a relação. "Mesmo um gesto simples, como desviar o caminho do shopping para entrar de surpresa em um motel, funciona como afrodisíaco", sugere o sexólogo. Você também pode propor novos jogos, como sugere a sexóloga e especialista em relacionamento de casais Eliete de Medeiros. "Enquanto ele toma banho, prepare o quarto de um jeito diferente. Compre dados eróticos e outros brinquedinhos. Nada de surgir de camisetão ou de cabelo despenteado. Homens são visuais, e estímulos sexy funcionam como gatilhos. Um strip-tease inesperado, por exemplo, pode mudar a postura aparentemente gelada dele", aconselha Eliete.

No comments: