Friday, January 20, 2012

Eliete Matielo- Psicóloga e Heart Hunter da Agencia Eclipse Love fala sobre crenças que atrapalham o relacionamento


Ficar preso a crenças sem fundamento impede você de ser feliz no amor


Fonte: HELOÍSA NORONHA - UOL 

À medida em que acumulamos experiência, algumas crenças sobre o amor são eliminadas. Outras, porém, se consolidam, prejudicando a vida afetiva. "As crenças de uma pessoa interferem diretamente no seu humor e na forma como ela reage às situações cotidianas. São elas que dão origem às emoções. Daí a importância de entendê-las e questioná-las, para evitar julgamentos errados e avaliações precipitadas", diz a psicóloga Lilian Helena Vidotto, de São Paulo. O relacionamento entre homem e mulher pode ser muito prejudicado por causa das opiniões de um sexo em relação ao outro. UOL Comportamento conversou com especialistas e, a partir das crenças femininas e masculinas mais comuns, mostra por que elas são equivocadas e como se livrar delas. Acredite: em alguns casos, a pessoa atrai justamente o que não deseja.

CRENÇAS TIPICAMENTE FEMININAS

Mulher divorciada só atrai sexoEssa crença surgiu nos anos 1970, época da primeira lei do divórcio, mas se instalou no imaginário popular. Ficou no inconsciente a imagem de uma mulher que, antes de se separar, tinha homem para sexo. Depois, ficou carente. "Qualquer mulher, divorciada ou não, atrai o que suas atitudes demonstram. O comportamento pode ser admirável, sério, sedutor, vulgar...", diz Eliete Matielo, diretora da agência de relacionamentos Eclipse Love e especialista em psicologia afetiva. "A queixa que ouço das mulheres que se separam é que as amigas casadas se afastam, com medo de terem os maridos roubados ou serem trocadas". A dica é parar de alimentar a ideia de que ser divorciada é sinônimo de solidão ou sexo casual. "É somente um novo estado e, como tudo o que é novo, possui um período de adaptação", diz a psicóloga Isaura Dias, de São Paulo. Para quem ainda não se sente segura, vale tentar não ser tão simpática ou assertiva no início da paquera, até para coibir futuras frustrações. 

Atraio apenas caras comprometidosSegundo Eliete Matielo, o tipo de pessoa que atraímos está intimamente ligado à energia que emanamos. "Será que a dona dessa queixa não se mostra  muito independente, descolada e fogosa demais, para que um homem casado se arrisque a ter um caso com ela?", questiona, O comportamento pode sinalizar que uma mulher topa tudo. Para a psicóloga Isaura Dias, sempre estamos em busca de alguém que complemente as nossas crenças. "Esta, em especial, pode envolver os modelos que ela viu desde a infância, a respeito de casamento, amor e convivência. Se o que ela viu sempre incluíam relacionamentos fracassados ou infelizes, atrair e relacionar-se com alguém comprometido reforça a ideia de que casamentos são ruins", explica. A pessoa, inconscientemente, protege a si mesma de ter uma relação com alguém disponível, pois isso não ofereceria nenhum tipo de obstáculo.Para um homem trair, só precisa achar um lugarAntigamente, os homens eram cobrados se não correspondessem ao flerte de uma mulher, mesmo se fossem comprometidos ou não estivessem interessados. "Hoje em dia, os homens são mais seguros. Quem trai para mostrar para os outros são os que necessitam de autoafirmação", diz Eliete. "A traição acontece por situações, razões, medos, insatisfações, sentimentos e erros que levam a esse desfecho. Acredito que é um sinal de adoecimento da relação e não apenas uma questão de circunstância", afirma a psicóloga Lilian Helena Vidotto.

Dificilmente um homem se casa depois dos 40Para o psicólogo Alexandre Bez, especialista em relacionamentos pela Universidade de Miami (EUA), isso só acontece com homens ligados, ao extremo, com a sua condição de solteiro. "Eles só estão a fim de aproveitar a vida e não querem compromissos. Em alguns, essa condição pode mudar. Em outros, não muda. Ligações neuróticas familiares, fatores econômicos, imaturidade emocional, falta de preparo psicológico, dificuldade do desapego do título de solteiro lideram a lista que distanciam o homem do casamento", explica. O que fazer? Explorar o comportamento e as atitudes dos homens em questão para não criar falsas esperanças, independentemente da idade.

Se ele não me quis, só pode ser gayEssa frase é típica das mulheres que foram rejeitadas. "Uma defesa psíquica", diz Isaura Dias. “Se em cada negativa, a mulher utilizar com certa constância este pensamento, deve começar a avaliar como lida com as frustrações -pois elas são inevitáveis ao longo da vida", afirma Isaura. Outra dica é abandonar as tentativas de controle, pois nem tudo o que desejamos sempre corresponde ao desejo do outro. "Que tal aceitar que, talvez, ele não tenha interesse no seu perfil físico ou psicológico?", pergunta Alexandre Bez.

CRENÇAS TIPICAMENTE MASCULINAS 

Depois dos 30 toda mulher fica desesperada para casarDurante décadas, o maior motivo de desespero da mulher era não se casar. Hoje, uma parcela significativa do sexo feminino possui outras prioridades. "E se agora casam após os 30 anos, tal decisão pode ser mais racional e estar intimamente relacionada com a escolha de um bom parceiro", afirma a psicóloga Isaura Dias. Aos homens, ela diz: “Não percam a chance de se relacionar com uma mulher acima dos 30. Geralmente, elas sabem muito bem o que desejam da vida e de um relacionamento. Pense se vocês não se sentem inseguros diante de alguém tão confiante."

Só atraio garota ciumentaAntes de mais nada, avalie como você se comporta ao se relacionar com o sexo oposto. "Em alguns casos, são as atitudes masculinas que despertam insegurança e ciúmes nelas", diz a psicóloga Lilian Helena Vidotto. Pare e pense: será que esse ciúme, mesmo que inconscientemente, acaba alimentando seu ego? Isso acontece principalmente entre casais em que a mulher tem baixa autoestima e sente que pode ser trocada a qualquer momento. Há homens que procuram mulheres ciumentas sem perceber, para se sentirem valorizados com as crises delas.

Mulher se faz de difícil para se valorizarNa opinião da especialista em relacionamento Eliete Matielo, se isso acontece, a culpa é do homem. "Eles costumam pensar: mulher fácil é rodada e vai me trair; mulher difícil teve poucos homens e é para casar.” Machismos à parte, para Isaura Dias, esse tipo de crença pode camuflar o motivo real do preconceito: a dificuldade de conquistar uma garota difícil. "A mulher conquistou espaços e ganhou autoconfiança. Ela pode estar avaliando se você é um homem que compense investir, emocionalmente". A psicóloga Lilian Vidotto lembra quem, apesar de tudo, há algumas mulheres entram no "joguinho neurótico de autovalorização" por imaturidade. "As sadias, maduras e inteligentes não precisam agir assim para se sentirem seguras."Mulher só trai se estiver envolvida emocionalmenteNem sempre. Separar amor e sexo não é exclusividade masculina há tempos. Elas traem por muitas razões: vingança, por estarem envolvidas emocionalmente, insatisfeitas, atraídas sexualmente ou com vontade de diversificar o prazer. "Esse tipo de crença funciona somente para minimizar a traição feminina. Acreditando nisso, o homem continua a colocar a mulher em uma posição fantasiosa de ingenuidade e fragilidade", explica Isaura Dias. É bom lembrar: a mulher pode ser muito afetiva, mas também possui desejos sexuais e pode agir para satisfazê-los.Garotas adoram um joguinho Dificultar as coisas, provocar ciúme, adiar o momento do sexo... Segundo muitos homens, esses são os artifícios típicos de sedução. A especialista Eliete Matielo explica que muitas mulheres se comportam assim porque precisam se sentir desejadas. “Mulheres precisam ouvir o homem falar o que querem e sentem. Às vezes, acabam jogando para tentar fazer com que eles demonstrem, com palavras, seu afeto e desejo", diz. O fato é que para os homens esse jogo é muito chato, porque eles não funcionam assim. Então, sejam diretos: digam que não conseguem entender a linguagem subliminar feminina e perguntem o que a amada quer dizer com determinado comportamento.

www.eclipselove.com.br

No comments: